Seguidores

quarta-feira, dezembro 07, 2011

O que significa o Natal para mim?


Com carinho, minha participação na Blogagem Coletiva de Natal proposta pela amiga Roselia do Blog:
http://espiritual-idade.blogspot.com/

Para mim o Natal tem a ver com esperança de um mundo melhor, onde as pessoas podem amar e serem amadas. Sem guerra, sem mágoa, sem disputas, sem mal algum...Somente o bem reinará, o certo seria Jesus nascer todos os dias em nossos corações para nos fazer felizes, mas como há um dia para ser comemorado, o Dia do Natal para mim é de confraternização, perdão, ou seja, dar uma chance à alguém que nos magoou, se Jesus não nascer diàriamente nos nossos corações, em vão comemoramos o Natal no dia 25 de dezembro...
Este texto de Cecília Meireles mostra como o Natal está perdendo o seu verdadeiro significado. Confiram:


Compras de Natal

Cecília Meireles


A cidade deseja ser diferente, escapar às suas fatalidades. Enche-se de brilhos e cores; sinos que não tocam, balões que não sobem, anjos e santos que não se movem, estrelas que jamais estiveram no céu.
As lojas querem ser diferentes, fugir à realidade do ano inteiro: enfeitam-se com fitas e flores, neve de algodão de vidro, fios de ouro e prata, cetins, luzes, todas as coisas que possam representar beleza e excelência.
Tudo isso para celebrar um Meninozinho envolto em pobres panos, deitado numas palhas, há cerca de dois mil anos, num abrigo de animais, em Belém.
Todos vamos comprar presentes para os amigos e parentes, grandes e pequenos, e gastaremos, nessa dedicação sublime, até o último centavo, o que hoje em dia quer dizer a última nota de cem cruzeiros, pois, na loucura do regozijo unânime, nem um prendedor de roupa na corda pode custar menos do que isso.
Grandes e pequenos, parentes e amigos são todos de gosto bizarro e extremamente suscetíveis. Também eles conhecem todas as lojas e seus preços — e, nestes dias, a arte de comprar se reveste de exigências particularmente difíceis. Não poderemos adquirir a primeira coisa que se ofereça à nossa vista: seria uma vulgaridade. Teremos de descobrir o imprevisto, o incognoscível, o transcendente. Não devemos também oferecer nada de essencialmente necessário ou útil, pois a graça destes presentes parece consistir na sua desnecessidade e inutilidade. Ninguém oferecerá, por exemplo, um quilo (ou mesmo um saco) de arroz ou feijão para a insidiosa fome que se alastra por estes nossos campos de batalha; ninguém ousará comprar uma boa caixa de sabonetes desodorantes para o suor da testa com que — especialmente neste verão — teremos de conquistar o pão de cada dia. Não: presente é presente, isto é, um objeto extremamente raro e caro, que não sirva a bem dizer para coisa alguma.
Por isso é que os lojistas, num louvável esforço de imaginação, organizam suas sugestões para os compradores, valendo-se de recursos que são a própria imagem da ilusão. Numa grande caixa de plástico transparente (que não serve para nada), repleta de fitas de papel celofane (que para nada servem), coloca-se um sabonete em forma de flor (que nem se possa guardar como flor nem usar como sabonete), e cobra-se pelo adorável conjunto o preço de uma cesta de rosas. Todos ficamos extremamente felizes!
São as cestinhas forradas de seda, as caixas transparentes os estojos, os papéis de embrulho com desenhos inesperados, os barbantes, atilhos, fitas, o que na verdade oferecemos aos parentes e amigos. Pagamos por essa graça delicada da ilusão. E logo tudo se esvai, por entre sorrisos e alegrias. Durável — apenas o Meninozinho nas suas palhas, a olhar para este mundo.

Texto extraído do livro "Quatro Vozes", Editora Record - Rio de Janeiro, 1998, pág. 80.

17 comentários:

  1. Que lindo,Dora!!! E desde já, desejo um Natal maravilhoso dentro do teu coração.beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida Dora

    " Das alturas orvalhem os céus,
    E as nuvens que chovam justiça,
    Que a terra se abra ao amor
    E germine o Deus Salvador"...


    Vc disse a realidade do consumismo reinante no Natal e o esquecimento dos verdadeiros valores natalinos... Pena!!!
    Quando se perde alguém é que se vê que tudo não passa de euforia e que a vida é o importante... tão somente...
    Muito bom o seu texto, amiga. Obrigada por participar e nos revelar valores essenciais...

    Fico tão sem palavra para agradecer o carinho imensurável com que me cumula ao longo do ano que só posso lhe dizer que te amo fraternalmente...
    Seja muito abençoada e feliz, amiga!!!
    Bjm de paz e FELIZ NATAL... apesar de qualquer vestígio de dor em seu coraçãozinho....

    "Quando eu estiver contigo no fim do dia, poderás ver as minhas cicatrizes,

    e então saberás que eu me feri e também me curei."

    (Tagore)

    ResponderExcluir
  3. Dora, parabéns por vc ter selecionado esse texto tão real. Gostei imensamente, pois fala a real intenção que tomou conta do comércio, desviando a atenção que deveria ser exclusiva para o aniversariante.! Grande Natal para vc, querida! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Apesar das ilusões, fica no nosso coração o desejo de um natal verdadeiro. E é este o nosso desafio diário.
    Gostei muito de seu pensamento sobre o natal e o texto escolhido.
    Gde abraço, em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  5. Olá Dora, venho pela Blogagem coletiva!
    Parabéns pela excelente postagem!
    Além de suas palavras nos presenteou com o texto da Cecìlia Meireles! Obrigada! Adorei!
    Um grande abraço e votos de um Santo e Feliz Natal a você e família!
    Helô Spitali

    PS: Como tenho vários blogs, participo também no Lembranças do Natal

    ResponderExcluir
  6. Oi, Dora...
    Tbm estou na BC, e Cecília Meireles falou tudo mesmo.
    Mas mesmo assim, continuamos com esperança, perdão e amor, sempre!

    Um ótimo Natal pra vc e sua família
    Beijossssss

    ResponderExcluir
  7. Oi Dora!
    Linda participaçao! Realmente o texto da Cecília arrematu bem sua reflexão. Que neste natal possamos voltar a renovar a nossa esperança.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá.
    Que texto lindo de Cecília Meireles, uma grande reflexão.
    O clima do Natal vem renovar nossa esperança! Que Jesus tbm renasça em nosso coração neste Natal, trazendo Paz, Amor, Alegria, para espalharmos por aí afora. Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Dora!
    Sensacional este texto, é tudo aquilo que é neste dia, onde esquecem o verdadeiro significado e "Jesus fica ali humildemente em sua manjeoura", sem uma fita, um atilho, um celofane, uma flor linda!!!
    O importante de tudo isso que temos esperança...e Jesus é nossa esperança...
    Paz e bem
    FELIZ NATAL!

    ResponderExcluir
  10. O texto de Cecília Meireles é maravilhoso, nos faz refletir.
    Parabéns pelo post e pela escolha do texto.
    Que Deus esteja sempre renascendo em nossos corações!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  11. Bela blogada!!!Bjs natalinos.
    Passando para interagir com a coletiva.

    ResponderExcluir
  12. Dora,

    Que linda participação nessa blogagem.
    Nunca havia lido esse texto de Cecília Meireles.
    Muito real.

    Amiga, estou indo ao Brasil de férias. Eu lhe escrevo por email, para marcarmos um encontro. Eu vou à Brasília, ES e MG. Assim que me organizar, eu lhe escrevo.

    Um grande abraço e obrigada por seu carinho de sempre.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Dora,
    cá estamos de novo, abraçadas em mais uma colectiva querendo o bem da humanidade.

    Concordo com você, Natal é positividade. Desejar um novo amanhã para o mundo, repleto de boas vibrações.
    Beijinhos.
    Rute

    ResponderExcluir
  14. Lindissima participação minha amiga. Natal é amor! Que a Luz e o Espírito de Amor do Natal, consigam prevalecer nos nossos corações ao longo de todos os dias do ano que está a chegar, para seja sempre Natal.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  15. Pois é Dora, a cada ano que passa o Natal é menos natal nas lojas...
    Devemos fazer o Natal ser mais natal em nossa vida todos os dias, para que no dia 25 ele seja verdadeiro.
    BJos

    ResponderExcluir
  16. Bom dia Dora, vim te desejar um feliz Natal, com muita paz e alegrias. Sua participação está muito linda e verdadeira. Carinhos

    ResponderExcluir
  17. Adorei o revival da orvalho do Céu, hoje!
    Feliz 2012 e muito sucesso!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! Fique a vontade para voltar outras vezes.
Para mim será sempre uma alegria renovada.