Seguidores

domingo, junho 14, 2009

Qual o verdadeiro sentido da vida?

Mais um interessante texto que li, uma matéria do Jornal Folha da Região, assinado por Paulo Pereira da Costa, Promotor de Justiça e autor do livro "Pensando na vida", achei bem legal e interessante, transcrevo para você...
Há quem pergunte: como há sentido na vida, se tem criança que morre pouco depois de nascida? Se alguns possuem muito além do que precisam, enquanto outros não têm nem comida? Para mim, a vida é um mistério, mas tem sentido, tem rumo, embora tudo pareça tão, digamos, indefinido. Segundo o grande Carlos Drummond de Andrade, "O sentido da vida é buscar qualquer sentido". A definição do sentido, em princípio difícil, pode ficar mais fácil se se tem consciência daquilo que não faz sentido. É sem sentido tudo que é nocivo. Usar drogas, isolar-se, ter mau humor são coisas sem sentido. A noção do sentido pode ser alcançada, assim, fazendo-se o caminho inverso. Penso que o sentido de tudo está no próprio ser, no existir, e isso se percebe sobretudo com a ausência, a inexistência. O real significado das coisas, só o percebemos quando elas faltam e quebram nosso ritmo, alteram a nossa rotina. Temos a idéia exata da saúde quando estamos doentes. Sentimos o valor da energia elétrica quando ela falta. A razão de ser da amizade se delineia quando a saudade dos amigos bate forte. E os pais? Somente depois que os perdi foi que me dei conta de quanto eram preciosos.Mais importante do que querer encontrar o sentido da vida é dar sentido a ela. E isso, no fundo, todos fazemos. Quem se levanta de madrugada e toma dois ônibus para chegar ao trabalho, estuda à noite, dá sentido à vida. Idem, quem pega no batente, dá uma pausa para aquele cafezinho bem quente, quem se dispõe a fazer alguma coisa e dá o máximo de si para fazer bem, quem tenta erguer-se depois dos tropeços, enfrenta difíceis recomeços, quem chora a perda do ente querido. Dá sentido à vida quem, depois de se sentir liquidado, vai em busca de força, reergue-se, tenta reencontrar a essência, suprir a carência. Da mesma forma, quem luta para vencer a doença, manter a crença, ter disciplina na convalescença. Alimentar-se quando se tem fome, cuidar da saúde, etc. é dar sentido à vida. Há pessoas admiráveis que abdicam do próprio lazer para prestar trabalhos voluntários, levar ajuda aos necessitados, lutar pela preservação do meio ambiente. Isso é dar sentido à existência. Quem aproveita todos os momentos, transmite bons fluidos, recompõe-se juntando fragmentos, dá substrato à vida.Gosto de refletir sobre a vida, pois acho que é uma forma de aprender e melhorar. Todavia, penso que se deve ter em mente os efeitos práticos dos nossos pensamentos e ações. Perder-se além da conta em abstrações, prender-se muito a divagações, não leva a nada. As preocupações metafísicas não podem ir além do necessário à solução dos nossos problemas reais. Sei que ir fundo na questão da existência não vai me livrar da luta pela sobrevivência. Vou ter de continuar segurando as pontas e seguir trabalhando em busca do dinheiro para pagar as contas. Para estreitar laços de amizade, dar muitos abraços para matar a saudade, deliciar-se com um bom verso, ir em busca da felicidade, não é necessário decifrar o enigma do universo. Por mais que nos pareça confuso e ponha a nossa cabeça em parafuso, o sentido/propósito/enigma da vida (de onde viemos? Para onde vamos?, etc.) nos virá certamente em um estágio mais avançado da nossa existência, ao qual, confesso, não tenho pressa nenhuma de chegar.

O sentido da vida é viver!!!!

6 comentários:

  1. O final diz tudo da a resposta certa: O sentido da vida é viver.

    ResponderExcluir
  2. Excelente texto Dora!Bj. no coração.

    ResponderExcluir
  3. Quando encontramos o sentido da vida ela se torna leve e pacífica.

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Querida Suki Aki Doríssima:

    Gostei muito de ensinamento seu oriental,embora insinues que desorganizados sejam todos seguidores seus,até confissão fizeram,de desorganizado serem,mas como sempre post com o intuito de contribuir sempre para uma melhor vida de semelhants seus!
    Te amamos!

    Beijo na Sra Reclamilda!

    Te amamos!

    Viva Vida!

    ResponderExcluir
  5. Ricardo, esse post não é uma insinuação...
    Todos nós temos um pouco de desorganização, o dia a dia às vezes nos obriga. Esse programa qualidade tem 5S, eu conheci no meu trabalho e estamos colocando em prática e está dando certo, em casa também estou tentando e estou gostando muito, mas de modo algum é pra fazer insinuações, sabe que não faço isso. Não sei porquê você fala assim.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Viver não é tarefa fácil , porém saber viver é um grande feito!visite o vcegente.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! Fique a vontade para voltar outras vezes.
Para mim será sempre uma alegria renovada.