Seguidores

sexta-feira, julho 01, 2011

Busque o equilíbrio!


Pense no quanto você aprendeu com algum desequilíbrio que tenha vivido...
Temos por hábito acreditar que os desequilíbrios nos conduzem a um fracasso iminente, impedindo-nos de concretizar um sonho acalentado há muito tempo.
Se reflertirmos um pouco, veremos que a fome é um sinal de desequilíbrio, é a manifestação do organismo dizendo-nos que é preciso ingerir alimentos para suprir a carência que se estabeleceu.
A sensação de frio é a manifestação do corpo em desequilíbrio, dizendo-nos que o calor que ele é capaz de gerar, é insuficiente para manter-nos aquecidos.
A sede indica-nos que há um desequilíbrio, pois o líquido existente no corpo não é o bastante, naquele instante, para o pleno funcionamento dos nossos órgãos.
E o que dizer do andar? Equilibramo-nos sobre as duas pernas, mas a locomoção só ocorre através do desequilíbrio, onde um membro sucede automáticamente outro.
Vemos assim, que a vida se manifesta numa sucessão de instantes de desequilíbrios, que possuem a finalidade de conduzir-nos a um novo equilíbrio.
Por que então fazermos do aparente insucesso um fracasso definitivo? Por que transformarmos uma iniciativa que não deu certo, em falta de ânimo para prosseguir tentando? Haverá alguém que nunca tenha errado em algum empreendimento, no juízo sobre uma pessoa ou numa impressão sobre um fato qualquer?
A história registra a saga de alguns grandes vencedores, que inicialmente experimentaram derrotas, mas que buscando suas forças interiores, tornaram-se ainda mais capazes, superando as próprias limitações.
Se nos pântanos e entre as pedras nascem flores, podemos nos meios das crises e do caos assimilarmos preciosas lições, mudando o foco dos nossos planos e ações, assumindo uma nova postura.
Tudo na vida contribui para a nossa evolução.
Muitas vezes os problemas não são tão grandes e complexos quanto parecem, mas a forma como estamos encarando-os pode não ser a mais correta. O nosso olhar é que precisa ser modificado.
Mudar a maneira de enxergar as coisas implica também em desiquilibrar-se, ir ao encontro de novos modelos, valores que nos permitam construir um jeito próprio de resolver os problemas, preservando-nos e respeitando o jeito de ser de cada um.
Os desequilíbrios podem também ser encarados como mediadores de uma nova situação.
Cada um de nós é convidado na sucessão dos desequilíbrios diários e naturais, a alcançar maior dose de equilíbrio interior, avançando sem cessar na conquista da própria iluminação.
Por isso ilumine-se a cada desequilíbrio!


Texto do livro: "Meditando Com Você" - Cezar Braga Said - Editora: CELD

14 comentários:

  1. Boa tarde minha amiga,
    Se é que, assim, posso dizer
    Desequilíbrio ou fadiga
    Seu texto me está a surpreender.

    Do meu país, os políticos,
    Seu texto deveriam ler
    Com atenção aos desequilíbrios
    Para a justiça entre todos prevalecer.

    Por agora vou partir,
    Mas antes lhe quero desejar
    Sou sincero não lhe vou mentir
    Mas também não vou viajar.

    Para um abraço lhe enviar,
    Para sempre seja muito feliz
    Se um dia a encontrar
    Nosso destino, assim, o quis.

    Minha amiga receba um abraço com carinho.
    Eduardo

    ResponderExcluir
  2. E como aprendemos com os desequilíbrios da nossa vida. Nossa caminhada é um eterno aprendizado.
    Concordo com o Eduardo, todos os políticos deveriam lê-lo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Dora

    Adoro estes teus "desiquilíbrios".

    Cesar Said está certo. É que os nossos actos reflexos não são, de todo, conscientes. Doutro modo seriam um pesadelo.

    SOL da Esteva
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Às vezes os problemas nem são problemas... A gente é que exagera. E sofre por nada. É difícil, mas precisamos sofrer pra dar um pouco de valor às coisas boas...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Querida e adorada Dora!
    Boa escolha este teu post. Pois, em nosso organismo, tudo funciona pelo equilíbrio, se algo errado acontece loogo ficamos desiquilibrados. O mesmo acontece com nossa alma derivado a emoções e tristezas! Parabéns pelo lindo e enrriquecidor post.

    Um beijo bem grande em teu coração.
    Tem um bom Domingo em paz.
    PSTA

    ResponderExcluir
  6. Amiga Dora ao longo da vida vamos aprendendo com os desiquibrios e vamos tentando equilibrar a vida, mas nem sempre é fácil.
    Hoje passei especialmente para lhe oferecer um miminho especial, é o Selo “PREMIO SUNSHINE AWARD”. Deixei no meu cantinho “SELINHOS – Presentes dos AMIGOS” e no “Divagar sobre tudo um Pouco” (http://algarve-saibamais.blogspot.com/2011/07/selo-premio-sunshine-award.html). O seu cantinho merece pois é um espaço sempre maravilhoso, onde a qualidade, sensibilidade e o bom gosto estão sempre presentes em todos os posts.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir

  7. Bom dia!
    Amai, pois, a vossos inimigos, e fazei bem, e emprestai, sem nada esperardes, e será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os ingratos e maus.
    Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso.
    Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; soltai, e soltar-vos-ão. (Lucas 11:35-37)

    Que sua semana seja abençoada e de muita paz!

    Deus seja contigo.

    Blog Yehi Or!
    www.hajalluz.blogspost.com

    ResponderExcluir
  8. Belo texto Dora...com certeza até os desequilíbrios os quais vivenciamos, são caminho de aprendizagem, despertar e evolução.
    Bom finalzinho de domingo querida...ótima semana...beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  9. Segunda Feira..
    Que seu Domigo tenha sido maravilhoso.
    Um linda semana
    Sonhos realizados.
    Paz saúde e acima de tudo fé
    para mais uma semana.
    Anjo ,,tudo que desejo a você
    é uma semana de muito carinho
    e que você possa viver com muito amor.
    Caso estiver com um grande problema
    ou muito triste .
    Creia voCê nunca estará só
    tem alguem que te guarda
    de todos os males.
    E você tem a mim que amo você.
    beijos e muito carinho,Evanir

    ResponderExcluir
  10. Belo texto Dora, até os desiquilíbrio nos ensina a
    lição de vida. Um abraço e ótimo começo de semana.

    ResponderExcluir
  11. É com os erros que se aprende...não há melhor lição!
    Gostei dete texto, cheio de alento e esperança.
    Beijocas
    Graça

    ResponderExcluir
  12. É isso mesmo! À custa de tantos desequilíbrios, vamo-nos equilibrando.

    ResponderExcluir
  13. Dora, todas as vezes que tomei decisões momentâneas me desequilibrei, e fui aprendendo, hoje só tomo decisões de cabeça fria. Sempre com equilíbrio. Adorei a postagem. Parabéns. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Problemas todos os temosa sabedoria está em saber administrar!!!Bjs na alma.Desculpa a demora em passar aqui.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! Fique a vontade para voltar outras vezes.
Para mim será sempre uma alegria renovada.